Levanta-te e anda - Só mais um site Sites da ASA

Semana de Formação inclui “ternura” no olhar de agentes de garantia de direitos

A Semana de Formação em Políticas Públicas vêm alcançando seu objetivo de formar novos agentes de pastorais para atuarem nas ações da Igreja junto aos poderes públicos em prol de grupos vulneráveis (crianças, adolescentes, mulheres, negros, juventude, etc.). Por esse motivo o Padre João da Trindade, um dos criadores do evento, acredita que a Semana poderia ser ampliada. “Temos conseguido construir um olhar com mais ternura desses agentes em relação aos pequenos e a demanda continua grande”, disse. Vale lembrar que essa “ternura no olhar” tem sido adquirido também por profissionais da área social que não estão, necessariamente, vinculados à Igreja. Estes ocupam 20% das vagas do evento.

Se a ampliação da Semana é ainda um desejo daqueles que participam de sua produção, as contribuições trazidas pelo evento já são uma realidade. De acordo com o Padre Trindade, nesses 14 anos formando agentes de garantia de direitos, a Semana levou um número maior de representantes da Igreja a participarem, por exemplo, do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e do Adolescente (CMDCA) e de Conselhos Tutelares.

Durante a Semana – que é constituída de encontros durante os três primeiros sábados do mês de julho – são oferecidos cursos nos quais são apresentadas ferramentas necessárias para a compreensão dos Sistema de Garantia de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, bem como a defesa da vida de grupos vulneráveis.

Abertura

A XIV Semana de Formação em Políticas Públicas foi iniciada na última sexta-feira (08/07). A solenidade ocorreu no auditório do Centro Arquidiocesano de Pastoral, no Garcia, onde acontece também todas as atividades nas semanas subsequentes. Na abertura, o arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger proferiu uma curta palestra sobre o tema “Bem aventurados os que têm fome de justiça e promovem a paz”. Fizeram parte também da mesa de abertura o representante da Casa do Sol, Altair Pacheco, e da ACOPAMEC, Joselta Duarte.

No dia seguinte, sábado (09/07), foram iniciados os quatro cursos que compõem a Semana. São eles: Estatuto da Criança e Adolescente; Como Elaborar Projetos; Crianças e Adolescente (Violação de Direito x Novas Possibilidades) e População em Situação de Rua. A XIV Semana de Formação em Políticas Públicas será encerrada no dia 23 de julho. O evento é uma realização da Ação Social Arquidiocesana e conta com a parceria da Caritas Regional NE, Pastoral Universitária e a Universidade Católica de Salvador (UCSAL).